2 em 1 – Contratação e Métricas de Software com Metodologia Ágil na Prática

Descrição

Estes dois cursos focam nos dois maiores pilares de atenção e risco na hora de contratar e gerenciar uma empresa prestadora de serviços de desenvolvimento de software:

– Como planejar e gerenciar um contrato para desenvolvimento de software? Quais os principais erros e como evitá-los?

– Como mensurar e pagar a empresa contratada? Qual métrica escolher e por quê?

O treinamento é dividido em 2 cursos distintos. VOCÊ PODE SE INSCREVER EM 1 DELES OU NOS 2 (+10% de desconto ao se inscrever em ambos).

No Módulo 1, veremos, por meio de exemplos práticos, os principais ERROS ao contratar e fiscalizar esse tipo de serviço e suas devidas soluções. No Módulo 2, analisaremos como mensurar e remunerar software, apesar das controversas, de forma a garantir a sustentabilidade e a harmonia entre quem paga e quem executa.

O curso é focado em simulações, a partir de casos reais, dos erros mais comuns em terceirização de desenvolvimento de software, e suas soluções baseadas nos princípios ágeis e nas metodologias Lean, Scrum e Kanban.

Público

Profissional de TI ou de negócio (Governo ou Empresas Privadas) que deseja contratar empresa de desenvolvimento de software para atender suas demandas ou melhorar a gestão e a entrega do atual projeto ou contrato. Profissionais e gestores de TI de empresas privadas que desejam prestar um melhor serviço de desenvolvimento de software para outras empresas ou Governo.

Carga horária

8 horas cada CURSO

Ementa

CURSO 1 – PRECISO CONTRATAR UM EMPRESA DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE E AGORA?

Por onde começar

· Como começar, qual legislação seguir e que documentação devo produzir.

· A forma de contratar muda muito por ser metodologia ágil? SIM.

· Papéis e responsabilidades ao planejar uma contratação ágil.

· Os erros mais comuns ao planejar um contrato.

· Os riscos e como mitigá-los.

Tenho uma empresa contratada, mas não está como eu queria

· A área de negócio está sempre Ausente.

· O demandante é um intermediário e não reflete bem o cliente.

· A empresa sempre reclama do valor ou da métrica.

· Não era isso que eu queria!

Gerenciando a demanda

· Não entregaram nada. Por que, como faço?

· Produto com não-conformidades. Aceito ou não?

· Terminou o prazo e só levantaram requisitos. E agora?

· O que deve ser planejado e não acordado.

CURSO 2 – MÉTRICAS DE SOFTWARE E O KANBAN DO CONTRATO.

Métricas de Software

· Qual métrica devo/posso usar? Qual a mais usada? Pontos de função, UST, homem-hora, etc.

· Qual métrica é obrigatória, permitida ou proibida?

· A relação de métrica de software com métodos ágeis. O que muda na métrica ou no Ágil?

· Como e quando usar UST, APF, HH, etc.

· Qual a relação e influência entre a Métrica, o Contrato e o Projeto?

· PRÁTICA em UST, APF e outras métricas.

Kanban do Contrato

· Priorizando demandas.

· As raias do Kanban e suas transições conforme Agile e o contrato.

· Definindo limites.

· Lead time, Throughput e o Control Chart.

· Filas, Buffers e Bloqueios.

· Qual a relação entre o kanban e o contrato?

Veja as turmas

 

Instrutor

Herbert Parente

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade de Fortaleza. Especialização em Gestão de TI na Administração Pública.
Experiência desde 1999 com projetos de softwares Cliente/Servidor, Web, Mobile, BI e Sistemas Geográficos. Trabalha com projetos do Governo desde 2007 e servidor público desde Abril/2010 com formação em Gestão de TI, Licitações e Contratos.
Experiência desde 2008 com Scrum, FDD ou Kanban. CSM e CSPO pela Scrum Alliance. Certified Lean Kanban University.
Chefe de Divisão de Sistemas do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) de 2011 a 2013.
Coordenador Técnico do Processo Judicial Eletrônico (PJe-JT) de 2014 a 2017.Supervisor da Seção de Informações Gerenciais do Conselho Superior da Justiça do Trabalho de 2017 a hoje. Professor na área de Licitações de Contratos de TI – Curso DominandoTI, Brasília, DF.
Instrutor e palestrante na área de métodos ágeis e terceirização de software desde 2013 em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.